Mudança de Paradigma

Mudança de paradigma
Tradução: “Oh wow! Mudança de paradigma!”

Mudança de paradigma: Muitos de nós fazemos coisas repetidamente sem sequer nos apercebermos do porquê de as fazermos daquela forma. Isso acontece simplesmente porque fomos condicionados numa determinada mentalidade geralmente desde a nossa infância, quer pelo exemplo dos nossos pais ou familiares, quer pelo que nos ensinaram durante a nossa formação.

Mudança de paradigma: O que é?

Mas afinal o que é um paradigma? Um paradigma é:

  • Um modelo mental
  • Uma maneira de ver
  • Um filtro para a percepção das coisas e dos fenômenos
  • Uma moldura de referência
  • Um modo de pensar, ou um conjunto de crenças através das quais se interpreta o mundo
  • Um exemplo usado para definir um fenômeno
  • Uma crença tida em comum entre um grupo de pessoas

Assim, mudança de paradigma significa a mudança de uma maneira de pensar, por outra. Uma revolução, uma transformação, uma espécie de metamorfose.

O condicionamento mental impede a mudança de paradigma

Ao longo da nossa vida, vamos acumulando experiências e vivências que nos condicionam a fazermos as coisas de uma determinada maneira e pior do que isso, pensarmos que não existe outra forma de as fazer.

Uma mudança de paradigma passa por alargarmos os nossos horizontes  e não rejeitarmos ideias diferentes só porque nos parecem pouco comuns. A definição de insanidade é:

“Fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes.”

Certamente, já serias rico e feliz se o que estás a fazer desse certo. Qualquer outra coisa que a tua mente invente como resposta não passa de uma desculpa esfarrapada.

Quando não atingimos o que queremos é frequente arranjarmos as mais diversas desculpas e culparmos alguém ou alguma coisa pelo nosso fracasso.

Mas, se refletirmos um pouco e formos honestos conosco próprios, vamos perceber que a pessoa que sempre esteve lá quando algo nos aconteceu, fomos nós! Então, nós somos os causadores dessa coisa e não os outros.

Ouço todos os dias as pessoas queixarem-se das suas vidas miseráveis e deitarem as culpas no estado, no patrão, nos colegas, no sócio, no marido, nos pais, nos amigos, no periquito… Mas, a realidade é que quando lhes perguntam porque não fazem algo a respeito a resposta é: “não posso”.

Quem controla a tua vida, afinal?

Fonte
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s