Efeitos do Subcérebro Abdominal

Subcérebro

A expressão do subcérebro abdominal, ou da parte do sistema nervoso instalada na barriga, quando predomina ao longo da vida humana, submete a consciência a manifestações semiconscientes, excessivamente animalizadas e, em muitos casos, constrangedoras. A submissão aos apelos e impulsos subcerebrais geram, por exemplo, a bulimia (comilanças), compras por impulso (modismos) e a anorexia intelectual (aprosexia).

Personalidades. Eis três exemplos de personalidades, quanto à idade biológica, e suas manifestações com base no sistema nervoso abdominal:

  1. O jovem (criança, pré-adolescente, adolescente) que manifesta intolerâncias, agressividade e hedonismo desenfreado.
  2. O adulto que apresenta surtos e imaturidade, por exemplo, ao receber e fazer críticas ou ao sofrer contrariedades.
  3. O aposentado(a) quanto ao trabalho de subsistência que se aposenta também da vida e da produtividade.

Comunicação. Quanto à comunicação, há crescente organização quanto mais se usa o raciocínio (cérebro) e menos a instintividade subcerebral. 

Aqui temos, em ordem crescente de maturidade, três modos básicos de comunicação pessoal:

  1. Subcerebral: falar ou fazer sem pensar; ou parar para pensar só depois de as atitudes terem sido tomadas.
  2. Emocional: falar ou fazer enquanto pensa; ou começar a fazer para desenvolver melhor o que pensa.
  3. Racional: pensar antes de falar ou fazer; ou planejar, organizar e encadear as ações antes de executá-las.

Expressões. A manifestação do subcérebro abdominal é explícita e aparece facilmente nas expressões e ditos populares. Aqui temos cinco expressões relativas ao subcérebro abdominal:

  1. Ter “o olho” maior que a barriga (gula, bulimia).
  2. Pensar que tem o rei na barriga (prepotência, arrogância).
  3. Pensar que seu umbigo é o centro do universo (egocentrismo).
  4. Empurrar a vida com a barriga (desorganização e desmotivação).
  5. Reclamar de barriga cheia (má vontade, mau humor, apatia).

Referência. Na expressão do subcérebro, a barriga é usada como referência, por exemplo, neste três casos:

  1. O homem de abdome avantajado, efeito do consumo imoderado de bebidas alcoólicas associado ao sedentarismo.
  2. O cultivo da musculatura abdominal definida, do tipo “tanquinho de lavar roupas”, para exibir-se no verão.
  3. O uso do piercing no umbigo pelas adolecentes – mais um elemento de sedução. A barriga voltou à moda.

 Daniel Muniz

Fonte

Anúncios

3 Comments

  1. Há controvérsias, apesar disso o texto está de maneira lógica e bem explicativo. Farei algumas observações a título de cooperação com a discussão sadia e logo que for possível enviarei.

    Responder

  2. Aqui vai minhas 12 dicas para acabar com a preguiça definitivamente:
    1- MBE 50 vezes com estado vibracional ao acordar na cama mesmo, enfocar:
    2 – pulsar 100 vezes o coronochacra,
    3 – pulsar 100 vezes o frontochacra
    4 – pulsar 100 vezes o laringochacra,
    5 – pulsar 100 vezes o nucochacra,
    6 – pulsar 100 vezes os palmoschacras,
    7 – pulsar 100 vezes o cardiochacra
    8 – pulsar 100 vezes o explênicochacra,
    9 – pulsar 100 vezes o umbilicochacra,
    10 – pulsar 100 vezes o sexochacra,
    11 – pulsar 100 vezes os plantoschacras,
    12 – estado vibracional do energosoma.

    Obs1. Com essa disciplina diária se alcança um nível mais elevado do domínio das energias do holosoma.

    Obs.2. Se vc acha que é muito trabalho, então, saiba que ficar a mercê dos assediadores é muito mais trabalho para você, e o que eles querem é que vc tenham muita preguiça mesmo, pois, ela é sinalética de que eles estão fazendo de vc marionete a bem prazer, e se divertindo a valer contigo.
    Obs3. A escolha é só sua.

    Bom auto-trabalho a vcs. Sempre.

    Neusa Leite – Londrina-Pr.

    Responder

    1. Pois é Neusa! A preguiça é uma postura injustificável, principalmente quando falamos da evolução. É melhor ter autoesforço e sair da zona de conforto.
      Obrigado pelas dicas, investir ao máximo nas energias é atitude inteligente, já que sofremos os efeitos delas o tempo todo.
      Abraços,
      Sr. Evoluciente.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s