Evolução Pessoal e Profissional

Por Eduardo Albuquerque*
 

O termo “evolução” tem muitos significados, dependendo da abordagem de cada área do conhecimento que o define. Por exemplo, pela biologia darwiniana, evolução é o processo por meio do qual as espécies se modificam ao longo do tempo devido à ação das mutações e da seleção natural. Segundo os filósofos Spencer (1820-1903) e Bergson (1859-1941), evolução é o processo de desenvolvimento natural, biológico e espiritual em que toda a natureza, com seus seres vivos ou inanimados, se aperfeiçoa progressivamente.

Do ponto de vista da Conscienciologia, ciência que estuda a consciência (o princípio individual inteligente, a essência do ser, o espírito, o ego, a alma), a evolução é o processo de aprimoramento, desenvolvimento e crescimento pessoal, passando pelo amadurecimento dos vários módulos de inteligência, com vistas à holomaturidade, ou seja, a maturidade integral da consciência, considerando outras dimensões, existências e corpos de manifestação.

O conhecimento mais abrangente da realidade humana é proporcionado pelo paradigma consciencial, modelo de pesquisa proposto pela Conscienciologia que amplia a perspectiva do pensamento científico convencional, ao considerar a existência de outras dimensões, além da dimensão física, oferecendo uma visão integral do universo e da consciência, o que possibilita uma melhor compreensão sobre os vários aspectos relativos à evolução da consciência e os seus reflexos sobre o grupo familiar, social e profissional.

A maioria das pessoas acredita que sua vida pessoal está totalmente separada da vida profissional, mas isso é um autoengano, visto que há uma relação intrínseca entre ambas. Sendo o trabalho a atividade que mais absorve o nosso tempo, a escolha da profissão é uma das prioridades à evolução pessoal, devendo a mesma ser realizada com o máximo de discernimento e coerência com as necessidades evolutivas de cada consciência.

Em grande parte, a atividade profissional é agente de desequilíbrio energético em função das relações interpessoais se constituírem, sobretudo, de trocas energéticas que ocorrem de modo consciente ou não. Tal fato ocorre porque atuamos como um sistema aberto e em interação com o ambiente e com outras consciências, através do nosso pensene, manifestação básica da consciência, que representa de forma indissociável, o conjunto dos pensamentos, sentimentos e energias, ou seja, não apenas pensamos ou sentimos isoladamente, mas de forma conjunta, gerando sempre um padrão de energia que interage com o ambiente e com outras pessoas.

Melhorar-se como pessoa implica obter maior higiene consciencial, qualificando nossos pensenes e superando os traços imaturos através da reeducação de hábitos antigos, sendo inteligente tornar esse processo de melhoria contínuo, pois evolução é movimento e necessita de mudanças constantes para atingir patamares superiores e consciencialmente mais evoluídos.

No cotidiano, é possível vermos vários exemplos de pessoas que investem muito em cursos e livros com o objetivo de se melhorarem como profissionais, porém investem pouco no seu desenvolvimento pessoal. Agem com afinco para ampliar seu networking, mas não cuidam da qualidade do relacionamento com os grupos de convívio mais próximos, tais como: familiares, amigos pessoais e até os próprios colegas de trabalho. E com o passar do tempo, em alguns casos, percebe-se algum tipo de desapontamento ou sensação de vazio, mesmo quando a pessoa alcançou certa satisfação profissional.

Isso acontece devido a um sentimento íntimo de algo maior a ser feito, de uma missão a cumprir, mas que se percebe estar distante ou mesmo na contramão. Essa missão ou projeto de vida, capaz de dar significado à vida, é entendido pela Conscienciologia como programação existencial, ou proéxis. Trata-se de um planejamento de vida intransferível para ser executado nesta dimensão em que vivemos, sendo sempre de natureza assistencial e tendo por objetivo a autoevolução pessoal.

No entanto, vale esclarecer que trabalho profissional não é sinônimo de proéxis, porém será sempre inteligente buscar a convergência de esforços na escolha da profissão com as exigências da programação existencial, estabelecendo a conexão do trabalho como meio para a sua execução. Evoluir como profissional passa antes por evoluir enquanto consciência, desenvolvendo novos saberes e sendo melhor hoje do que já fomos no passado.

As pessoas erram ao tentar se comparar com os outros, quando o certo deveria ser a comparação consigo mesmo, pois esse é o nosso desafio nesta vida. Enquanto consciências em evolução, apresentamos traços e valores que precisam ser reciclados constantemente e que, no entanto, por não termos lucidez quanto à necessidade dessa reciclagem, continuamos a utilizar os mesmos, já desatualizados, sem grandes questionamentos.

Agimos assim devido ao processo de robotização existencial a que somos impelidos, em que a maioria das pessoas vive sem lucidez maior quanto à realidade multidimensional, tão somente aprisionada à condição intrafísica ou material. A verdadeira reciclagem intraconsciencial ou recin é aquela que vem de dentro para fora e traz maiores resultados do ponto de vista evolutivo, fazendo com que saiamos da periferia de nós mesmos.

Nesse ponto, vale salientar a importância das técnicas evolutivas propostas pela Conscienciologia, sendo uma delas a recéxis ou reciclagem existencial. Trata-se de uma empreitada evolutiva autoplanejada, com vistas à renovação da própria existência, podendo chegar, em alguns casos, a uma mudança de profissão, estabelecendo, assim, uma maior conexão com a proéxis.

Outra técnica evolutiva é a invéxis ou inversão existencial, sendo essa empreitada realizada de forma precoce pela consciência, havendo uma priorização evolutiva desde a juventude, orientando também a escolha profissional desde o início. Tanto uma como a outra possibilitam à consciência automotivada planificar sua evolução de forma técnica e consciente, passando a depender diretamente dos seus esforços para evoluir.

 *Professor e Voluntário do INTERCAMPI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s