Dê o Primeiro Passo…

Às vezes quando queremos algo e temos medo ou preguiça, usamos as desculpas mais conhecidas para justificar o porquê de não cuidarmos bem do nosso dinheiro ou até participar de uma maratona. Maratona? É, maratona! E por que não? Damos as mesmas desculpas: “não tenho tempo”, “não tenho dinheiro” … Dê o primeiro passo. É o mais importante, sem começar não chegamos a lugar algum. Não importa a forma, a performance será melhorada durante os treinos.

Quando temos o motivo, a meta, o objetivo, o trabalho a ser realizado, o alvo, seja lá o que for, as coisas acontecem pela energia movida por um motivo. Isso é Física e não um milagre! É uma força interior colocada em prática o desejo e a vontade. Pessoas motivadas alcançam todos os seus objetivos. Sabemos da necessidade de cuidarmos da nossa saúde, mas falta disciplina para isso.

A mesma motivação serve também para os iniciantes na corrida. Para isso, comece com uma caminhada de 30 minutos em dias alternados, depois vá aumentando aos poucos. O corpo se adapta, mas os obstáculos são muitos. Uma manhã mais fria ou o cansaço farão você pensar duas vezes na hora de levantar da cama.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), precisamos realizar no mínimo 30 minutos de atividade física, por cinco dias da semana. Falo da corrida por tê-la inserido em minha vida. No início estava fora de forma e sedentário, hoje participo de maratonas. Se eu consegui, qualquer pessoa consegue.

Corrida é um esporte de superação e traz uma série de benefícios, além de emagrecer, o combate de doenças, aumenta a autoestima, melhora seu condicionamento físico e força, e o melhor de tudo, é democrática. É preciso paciência e motivação. Encontre sua própria maneira de correr, aumente sua performance e não se esqueça de se manter saudável.

Precisamos nos habituar a estabelecer metas e desafios e desejar alcança-los. Mais que isso, é preciso crer que somos capazes de realizá-los. Sem isso, qualquer esforço parece imenso. Qualquer obstáculo, por menos que seja, torna-se insuportável. Cada um de nós vale pelo tamanho de seus sonhos e pela capacidade de transformá-los em realidade. É uma decisão pessoal.

por Marcelo Mirabelli

Anúncios

10 Dicas para Acabar com a PREGUIÇA

A preguiça nada mais é do que uma indisposição que uma pessoa tem, de executar qualquer atividade que exija força física ou mental, ou seja, é uma aversão as tarefas dos universos tangíveis e não tangíveis existentes. Em outros termos, é ter dificuldades em realizar uma função, atuando de forma negligente e pausadamente por conta da indolência existente no ser que possui esse tipo de característica.

A criatura que ostenta a ociosidade é sempre passível de desdém por parte dos outros, haja vista, que ninguém aprecia pessoas apáticas e inativas, pois, o que o mundo exige de nós é determinação, labor e principalmente, disposição.

Thomas Atkinson, sabiamente disse: “Vencer a preguiça é a primeira coisa que o homem deve procurar, se quiser ser dono do seu destino.”

Desta maneira, elaborei 10 dicas para que possamos ser mais ativos em nossa vida e consequentemente possamos eliminar essa característica humana desagradável e prejudicial a todos nós, confira:

1 – Faça uma atividade física: exercitar seu corpo, o ajudará a ter mais disposição em seu dia a dia, além de ser um combustível para aliviar o estresse, dando a sua mente um estado de paz e serenidade. É importante frisar, que você deve buscar executar uma atividade física que seja de seu agrado, pois, você não se sentirá feliz, fazendo uma coisa que não gosta.  Desta forma, busque identificar suas áreas de interesse e após isso, invista seu tempo nesta questão. Observe as pessoas a sua volta e perceba que as mais bem humoradas e de bem com a vida são exatamente aquelas que praticam exercícios físicos constantemente.

2 – Estabeleça metas: faça um planejamento minucioso de como irá atingir seus objetivos e implemente os meios necessários para alcança-los, estabelecendo prazos para começar e finalizar. É importante que você tenha disciplina, organização e controle, para que você possa cumprir as etapas de forma gradual e, principalmente, sem deixar que o objetivo final seja desviado. Ao fazer isso, você freará a ansiedade e a insegurança, gerando um efeito estimulante em sua vida.

3 – Tenha uma boa noite de sono: sua mente e corpo precisam recuperar as energias, de modo que sejam revigorados e massageados das constantes pressões cotidianas. Desta maneira, busque dormir oito horas diárias e tenha uma rotina de horários regular, ou seja, não durma meia-noite em um dia, e duas horas da manhã em outro, haja vista, que seu tempo de sono deve ser constante para que sua mente se acostume com esse padrão, facilitando a recuperação de suas forças.

4 – Cuide de sua alimentação: é importante procurar um nutricionista para que ele oriente você sobre alguns alimentos que poderão lhe dar mais energia em seu dia. Destarte, ele poderá, com base em sua rotina, elaborar uma alimentação específica para que você possa ter mais entusiasmo e motivação em sua caminhada pessoal e profissional.

5 – Tenha atitude: algumas pessoas são preguiçosas exatamente por não agirem. Sendo assim, a inércia toma conta de seus corações e elas se transformam em seres indolentes e melancólicos, transformando suas vidas em uma espécie de omissão total. Deste modo, seja diferente e busque ter iniciativa: seja frequentando novos ambientes, ou, se predispondo a ajudar o próximo em alguma tarefa, ou, executando trabalhos que não necessariamente você deveria executar, ou, levantando mais cedo de vez em quando, enfim, procure ter ação ao invés de lentidão.

6 – Busque estar ao lado de pessoas motivadas: ficar ao lado de pessoas inertes e que possuem aversão à produtividade, é contaminar-se negativamente e trazer para si, muitos males. Portanto, procure se cercar de pessoas que sejam motivadas, entusiasmadas, bem humoradas e que tenham disposição para agir diante dos trabalhos a serem feitos, pois assim fazendo, você estará sendo incentivado a ser uma pessoa enérgica, e não o contrário.

7 – Pense positivamente: o pensamento positivo é um dos segredos para termos mais disposição, pois, nosso cérebro reconhece quando temos motivos para nos alegrar, nos entregando mais energia para podermos aproveitar essas oportunidades. Talvez seja por esse motivo, que James Allen tenha dito que: O Homem é aquilo que ele pensa.” Desta forma, sempre tenha otimismo, fazendo dos problemas sempre uma oportunidade de encontrar soluções, e das conquistas, motivos para infinitas comemorações.

8 – Elabore tarefas simples de serem executadas: a complexidade é algo que desmotiva qualquer ser humano, porquanto a mente humana tende a uma desistência natural ao visualizar um cenário de difícil desmembramento. Vou dar um exemplo simples: se você quer perder peso, você não conseguirá perder 10 KG em um dia, ou seja, terá que montar uma estratégia de perder esses 10 KG em um mês, e, portanto, terá que perdê-los aos poucos, dia a dia. Deste modo, terá que ir reduzindo suas calorias de forma gradual, acompanhando cada refeição, de modo a seguir o planejado à risca, evitando falhas.

E, assim como no exemplo da dieta, nossas atividades devem ser simplificadas para que possamos ter objetivos mais simples e fáceis de serem alcançados, gerando uma tranquilidade maior para nós.

9 – Interaja com as pessoas: interatuar com as pessoas nos ajuda a termos mais alegria e predisposição, transformando nossas mentes em objetos ativos. Por incrível que pareça, as pessoas tem o poder de nos transmitir energias poderosas, fazendo com que nos tornemos seres mais dispostos. Sendo assim, aprimore seus relacionamentos, trazendo mais pessoas para a sua teia social.

10 – Procure viver seus hobbies: reserve um tempo só para você e faça apenas coisas que te agradam, ou seja, se você gosta de filmes, vá ao cinema, ou, se você aprecia jogar futebol, combine uma partida com os amigos no fim de semana, ou, se você gosta de churrasco, vá à churrascaria, curta o momento, enfim, deixe você ter momentos de alegria, pois, são eles que mantém nossa felicidade e entusiasmo.

O mundo está recheado de gente preguiçosa e apática, comprometendo assim, a evolução da humanidade. Destarte, devemos fazer a antítese dessa massa, para que saibamos valorizar o que foi posto em nossas mãos e ao mesmo tempo, contribuirmos positivamente no futuro das próximas gerações.

Fonte

Algumas Minidefinições Conscienciais

Autoconfiança: primeiro êxito.

Autodidatismo: melhor escola.

Desânimo: primeira derrota.

Desespero: covardia aguda.

Desistência: vitória abortada.

Discernimento: cura definitiva.

Dúvida: primeira pesquisa.

Esperança: potencial consciencial.

Impossibilidades: autocorrupções mascaradas.

Lucidez: gazua suprema.

Maturidade: loucura domesticada.

Preguiça: omissão deficitária.

Sabedoria: saúde consciencial.

Sofrimento: opção infeliz.

Vivência: autoexperiência intransferível.

Vontade: alavanca consciencial.

(Waldo Vieira)