Racionalidade

Brain

Definição. Racionalidade é a qualidade do racional, do lógico, a capacidade de avaliar pessoas, objetos, ambientes e fatos sob a ótica predominante do mentalsoma, ou dos atributos mentais.

Sinonímia. 1. Calculismo cosmoético. 2. Destreza mental. 3. Lógica. 4. Mentalsomaticologia 5. Criticologia. 6. Imperturbabilidade.

Autoenfrentamento. O autoenfrentamento e a superação do emocionalismo envolvem o fortalecimento do atributo antípoda, a racionalidade, mesmo durante os rompantes emocionais e surtos de imaturidade característicos das fases de transição.

Estratégia. A estratégia de superação das imaturidades e excessos baseia-se em minimizar a importância das emoções instintivas nas priorizações evolutivas, agregando valor às produções e condutas mentaissomáticas.

Autodisciplina. O investimento disciplinado nos estudos, com objetivo determinado e concentração mental é poderoso aliado na extinção do emocionalismo.

Autopesquisologia. Pela Autopesquisologia, é útil esgotar o estudo do emocionalismo no universo intraconsciencial, analisando os trafares até as últimas consequências e identificando as raízes e os fatores desencadeantes das imaturidades emocionais.

Trafor. Além do enfoque direto no problema, há o enfoque da superação do trafar através do trafor. Deslocando  a prioridade das emoções na vida diária para o mentalsoma, a consin alimenta os trafores e desnutre os trafares, sendo forçada a mudar os hábitos inúteis e as pensenizações viciadas.

Reflexão. Outro ponto importante é a expansão das reflexões da conscin, motivadas pelo estudo de obras selecionadas, de acordo com os próprios interesses. A reflexão gera racionalidade e a racionalidade gera reflexão. A leitura não será útil se não for acompanhada pelo aprofundamento das reflexões e das associações de ideias.

Autodomínio. Com o tempo e investimento, a conscin não se sente mais escrava dos impulsos subcerebrais e nem frágil ante os fatores desencadeadores dos descontroles emocionais. Não há desesperança ou o medo do fracasso. Os antigos fatores predisponentes ao emocionalismo não incomodam mais e nem são considerados ameaçadores. Surgem o autodomínio e o bom humor.

Trechos tirados do livro Contrapontos do Parapsiquismo (Cirleine Couto) 

Emocionalismo

Imagem

Definição. Emocionalismo é o comprazimento pelo exagero emocional, a vivência e a tendência da conscin para analisar pessoas, objetos, ambientes e fatos a partir do psicossoma (corpo emocional), tornando este veículo de manifestação predominante em relação aos demais, obscurecendo o autodiscernimento e a racionalidade.

Sinonímia. 1. Cosmocionalismo. 2. Emotividade exagerada. 3. Sentimentalismo lacrimogênico. 4. Monopólio do cardiochacra. 5. Ansiosismo. 6. Antidiscernimento.

Taxologia. Eis alguns exemplos e situações relacionadas de atitudes conscienciais derivadas do emocionalismo, favorecedoras do assédio interconsciencial:

Ansiedade. O ansiosismo; a precipitação; a impulsividade; os chiliques; os pitis; a tremedeira; a taquicardia; a impaciência; a supremacia do cérebro abdominal; os transtornos alimentares; os brancos mentais; o ato de falar sem pensar; a dificuldade de ouvir; a riscomania; os esportes radicais; a cleptomania; a inquietação somática;o desejo de ter tudo para ontem.

Egoísmo. A necessidade de reconhecimento; o egocentrismo; o desejo infantil de ser o centro das atenções; o egão edemaciado; a falta de disponibilidade pessoal; o hedonismo; o orgulho; a vaidade.

Mágoa. As suscetibilidades; os cotovelomas; a raiva; o ódio desmesurado; o rancor surdo; a hipersensibilidade imatura; o ato de virar a cara para alguém; as fofocas; a máscara da dissimulação; a necessidade de tirar satisfações com os outros; a vingança tardia; o plano vingativo detalhado ao longo de anos; as inimizades seculares.

Vaidade. A cabotinice; o ato de se considerar superior aos outros; o egão-sol; o curriculum vitae obeso; o autor-estrela; a aula-show; as passarelas; as seduções holochacrais anticosmoéticas; o anseio por ofuscar o brilho dos outros.

Trechos tirados do livro Contrapontos do Parapsiquismo (Cirleine Couto) 

Recomendo!